Programa Dá Licença

Ciclo de Seminários

O Ciclo de Seminários em Ensino de Matemática, além de compartilhar e discutir pesquisas bem-sucedidas no âmbito do ensino de matemática, representa uma intervenção curricular direta no Curso de Licenciatura em Matemática do IME-UFF. A análise e a discussão das pesquisas apresentadas são fundamentais para a iniciação dos estudantes de graduação em pesquisa na área ensino de matemática.

Todos participantes recebem certificados de participação que poderão ser utilizados como Atividade Complementar.

Coordenação: Prof. Leonardo Silvares (GMA/IME-UFF)

 

Próximos Seminários

Seminários Anteriores

"Para que servem os números irracionais? Manifestações em Aritmética, Combinatória e Geometria"

Profa. Graziele Souza Mózer, Colégio Pedro II
30 de maio de 2017 às 16:00 Horas

Resumo: No Ensino Básico, a justificativa apresentada para o estudo dos números irracionais se apoia principalmente no fato de que esses números aparecem em Geometria com fórmulas para o cálculo de perímetros, áreas e volumes e em Álgebra com soluções de equações. Neste trabalho procuramos dar um enfoque diferente aos números irracionais: apresentamos vários exemplos onde algo interessante e não óbvio acontece porque um determinado número é irracional. Esperamos que esta nova perspectiva que articula números irracionais com problemas em aritmética, combinatória e geometria seja útil aos colegas professores e aos alunos de licenciatura em Matemática interessados no ensino e na aprendizagem de números irracionais.

"Laboratório Sustentável de Matemática: Fundamentação Teórica e Funcionamento na Construção do Conhecimento"

Profa. Daniela Mendes Vieira da Silva, Rede Estadual (CIEP Hebe Camargo)
18 de abril de 2017 às 16:00 Horas

Resumo: Esta palestra traz uma reflexão acerca da fundamentação teórica do Laboratório Sustentável de Matemática (LSM) e também apresenta a constituição e utilização deste espaço. O LSM se apóia em três eixos: Pesquisa, prática e formação. Nele a aprendizagem de Matemática é construída com o auxílio de multimeios dentro da Teoria dos Registros de Representação Semiótica e que, além da pesquisa e da prática em laboratório, este também se ocupa da formação em serviço de professores que ensinam Matemática.  Este trabalho é resultado da união entre pesquisa bibliográfica e vivência diária no projeto Laboratório Sustentável de Matemática, projeto esse sediado em um colégio estadual da periferia da cidade do Rio de Janeiro.

"(Re) Construindo o Conceito de Número Racional"

Profa. Ana Clara Pessanha Teixeira De Mendonça (UFF – PIBID)
12 de dezembro de 2016 às 18:00 Horas

Resumo: São notórias as dificuldades dos estudantes de Matemática do Ensino Médio com a realização de operações com números racionais. Tal fato deve-se, dentre outros fatores, à falta de gerência direta da passagem do aprendizado com as frações, nas séries iniciais do ensino fundamental, para o âmbito dos números racionais. O tema é retomado no 7° ano do ensino fundamental, onde a abordagem dos números racionais é realizada, em geral, de forma aligeirada e tomando por base os conhecimentos anteriores. Desse modo, as dificuldades no trato com esses números persistem no ensino médio. Assim, torna-se importante a intervenção mais efetiva do professor de Matemática na construção deste importante conceito. Esta palestra tem como objetivo apresentar o Projeto O problema da medida: Construindo o significado dos Números Racionais com o auxílio do Frac – Soma 235, elaborada no período que estive no PIBID-UFF, assim como a Monografia (Re) Construindo o conceito de Número Racional, baseado no projeto.

"Mudando a Forma e Mantendo o Volume: Um Projeto Interdisciplinar com Embalagens no Ensino de Geometria Espacial"

Prof. Ricardo Viz Quadrat, Instituto GayLussac
09 de Novembro de 2016 às 18:00 Horas

Resumo: Apresentamos nesse trabalho uma proposta educacional em formato de projeto que tem por objetivo principal trabalhar conceitos e competências de Geometria Espacial utilizando, para isto, embalagens de produtos encontrados no dia-a-dia. A principal tarefa realizada pelos alunos neste projeto é, após a escolha de um determinado produto, modificar a forma de sua embalagem original, sem alterar o seu volume. Além de fomentar relações dentro da própria Matemática, como também com outras áreas do conhecimento, o modo de como a proposta está estruturada (problematização, planejamento, execução, depuração e apresentação) cria um ambiente que permite promover várias competências e habilidades sugeridas pelos Parâmetros Curriculares Nacionais do Ministério da Educação e Cultura: o desenvolvimento de atitudes de autonomia e cooperação; capacidade de expressar-se oral, escrita e graficamente em situações matemáticas; capacidade de utilizar ferramentas matemáticas que lhe permita expressar-se criticamente; entre outras.

"Vistas e Pontos De Vistas: Uma experimentação matemática de Perspectivas e Anamorfismos na Educação Básica"

Prof. Alan Kardec de Souza Filho, Colégio Pedro II (Realengo)
03 de Outubro de 2016 às 18:00 Horas

Resumo: “Das perspectivas representadas nas telas da Renascença às profundidades sugeridas nas telas dos “games”; atuais, a Matemática se revela. Enquanto apreciamos os resultados, raramente percebemos conhecimentos desenvolvidos e pensados para determinados efeitos. Como iniciar nossos alunos na identificação da Matemática existente na técnica de sugestão de profundidade? Como ilustrar que um pouco de perspectiva pode mudar a visão que temos do mundo? Estimular a descoberta para que seja o verdadeiro ponto de vista do conhecimento.”